Novidades

domingo, 17 de janeiro de 2010

É Ele Te Amando

Por Pastor Eliy Barbosa

17 de janeiro de 2010

O Planalto da Revolta era tão lindo que fazia inveja à Campina do Orgulho. Revolta, inveja e orgulho é uma combinação perigosa e ficava entre os Montes da Provação e da Salvação. Mesmo diante de exuberante beleza meu coração estava inquieto. Ali havia muitas ovelhas desgarradas e sem pastor, que se distanciavam por aquele caminho largo e espaçoso...

Apesar do cansaço, estiquei o máximo que minha altura permitia e vi que lá na frente havia muitas rochas onde se escondiam serpentes e feras. Logo depois das rochas também havia um grande abismo. De repente senti todo meu corpo congelar. Um pensamento doloroso cortou minha mente: Dominados pelos seus desejos, se deixaram levar por suas próprias necessidades. Puseram a Sua Palavra à prova, provocando a paciência do Pastor.

Algo em mim doía com uma dor que não sabia explica. Eu tinha que encontrar Pureza e lhe avisar dos perigos! Mas era tarde... Atônita vi Pureza, com os olhos perdidos no infinito, seguindo Destaque e entrando naquele planalto. Antes de Destaque entrar no planalto, ela percorreu todo o rebanho e assediou algumas ovelhas. Para quem só havia encontrado pedras e canseira no Monte da Provação, o Planalto da Revolta era muito atrativo.

Como não entrar ali? Se formos sinceros, sabemos que é exatamente assim que reagimos na maioria de nossas crises. A questão não é como saímos da provação, pois cedo ou tarde o Pastor providenciaria um livramento. De fato tudo o que importava era como nos comportamos durante provação. É isso que vai determinar se nossas lembranças serão de dor e mágoa ou de luta e vitória. E agora eu via que Pureza não havia aprofundado raízes de confiança no Pastor durante a provação.

Era inevitável Destaque influenciar Pureza e outras ovelhas. O poder fluía dela de forma natural. Pensei em correr atrás de Pureza e buscá-la, mas resolvi não ir, pois o Pastor poderia pensar que eu queria também me desviar.

Só podia gritar desesperada:

- Pureza... Pureza!!! Volte...


Foi quando o Pastor correu atrás dela e, com a curva do cajado, pegou Pureza pelo pescoço e a trouxe para junto das demais. Uma dor horrível e penetrante tomou conta de seu rosto. Então correu desesperada, sem saber qual era o perigo, de onde vinha e onde poderia se esconder. (...)

Tentei me aproximar de Pureza, mas ela me evitava. Estava cabisbaixa, triste e envergonhada. Sua tristeza era tão grande que me contagiou. Pureza suspirou fundo... Derramando lágrimas de vergonha e mágoa, com a voz embargada, disse:

- Existe uma dor em meu peito... É uma dor profunda... Uma dor que rasga a alma...


Ela falava sobre a dor da culpa.

- Somente hoje eu já decepcionei e magoei nosso Pastor duas vezes! Uma na Campina do Orgulho e outra no Planalto da Revolta...
Pureza estava focada em sua fraqueza e incapacidade:

- Pureza! Não traga maior dor ou pesar ao seu coração! É só você olhar ao redor e você verá dramas e desastres iguais ao seu. Todas passamos por momentos de dúvida, de incerteza, de instabilidade!
Na memória de Pureza, o que aconteceu era uma ferida aberta que demora para cicatrizar.

- Mas por que eu não consigo fazer ou falar o que realmente é certo? Como posso deixar essas coisas me seduzirem de forma tão rápida? Por que sempre foi mais fácil condenar o mal dos outros, do que fazer o nosso bem?
- Amiga, qualquer uma de nós pode falhar miseravelmente. Tenho certeza que o amor do Pastor por você neste momento é maior do que nunca! Pois a quem Ele ama, Ele corrige. Foi uma correção de amor.
Eu sabia que ela estava me ouvindo:

- Aquilo que aos seus olhos pode parecer Ele te machucando, na verdade é Ele te amando!




Trecho do livro "A Voz da Ovelha" de Pastor Eliy Barbosa - Igreja Cristã Plenitude

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Download de Livros

Eliy Barbosa em

Para Saber +

Igreja Plenitude do Poder de Deus

Igreja Plenitude do Poder de Deus
Ministério Pastor Eliy Barbosa