Novidades

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

I Crônicas 14.10 Sou Muito Novo Ainda!

Por Pastor Eliy Barbosa

04 de janeiro de 2010

Davi havia acabado de se tornar rei de Israel, seu reinado estava sendo reconhecido por outros reis vizinhos e Deus fazia seu reino progredir por amor ao seu povo (I Crônicas 14.2). Mas os filisteus ao saberem que Davi havia se tornado rei enviaram seu exército para prendê-lo.
Quando o exército filisteu se espalhou pelo vale dos Refains, Davi não sabia o que fazer: o vale estava tomado e os filisteus haviam começado a atacar e a roubar (I Crônicas 14.8-9). Ele era muito novo ainda para perder tudo. Mas a Bíblia diz: "Então Davi perguntou a Deus: Devo lutar contra os filisteus? Tu me darás a vitória?" (I Crônicas 14.10).
Davi não pediu conselhos para uma junta administrativa ou organizou um comitê de avaliação, mesmo que ele estivesse cercado por muitos sábios. Ele não se apoiou e se respaldou no poder dos homens. Davi se atreveu a orar de forma específica a Deus, uma oração inteligente, sem expressões de louvores sem significados, sem leviandade ou bajulação. Como diz a Bíblia:
“Tenha cuidado quando for ao Templo. (...) Vá pronto para ouvir e obedecer a Deus. Pense bem antes de falar e não faça a Deus nenhuma promessa apressada. Deus está no céu, e você, aqui na terra; portanto, fale pouco. Quanto mais você se preocupar, mais pesadelos terá; e, quanto mais você falar, mais tolices dirá. (...) Não deixe que suas próprias palavras o façam pecar. Assim, você não terá de dizer ao sacerdote que o que você queria dizer não era bem aquilo.” (Eclesiastes 5.1-3, 6)
Quando oramos de forma específica o Senhor responde com uma orientação específica: "E o Senhor lhe disse: Sobe, porque os entregarei nas tuas mãos" (I Crônicas 14:10). O resultado desta oração é que Deus abençoou Davi com uma grande vitória.
Mas logo os filisteus voltaram, se reagruparam em um novo exército e começaram a atacar. Neste momento, Davi poderia ter se enchido de si, se orgulhado da recente vitória e se levantado como Sansão e pensado: “Eu me livrarei como sempre” (Juízes 16.20). Mas Davi se recusou a depender de qualquer estratégia que não fosse a Palavra de Deus: "E tornou Davi a consultar a Deus; e disse-lhe Deus: Não subirás atrás deles" (I Crônicas 14:14).
Deus sempre é criativo, não copia nada e dá a cada pessoa um plano personalizado. Ele orientou Davi: “Não os ataque daqui [do vale]. Dê a volta e ataque pelo outro lado, perto das amoreiras. Quando você ouvir barulho de marcha por cima das amoreiras, ataque-os porque isso quer dizer que eu estou indo na sua frente para derrotar o exército dos filisteus” (I Crônicas 14.14-15).
Qual conselheiro militar daria um conselho destes? Em qual planejamento estratégico constariam estas orientações? Apesar de todas as improbabilidades Davi “... fez como Deus lhe ordenara” (I Crônicas 14.16). Ser obediente a Palavra de Deus pela fé, muda qualquer circunstância. Como conseqüência da obediência, os homens de Davi “... feriram o exército dos filisteus desde Gibeom até Gazor" (I Crônicas 14.16).
---------------------------------------
Assim como aconteceu com Davi, a vontade de Deus é sempre feita por meio de pessoas que estão dispostas a enfrentar tempos difíceis e a andar em lugares perigosos e inseguros. Pessoas que não se apóiam, que não têm como segurança a sua capacidade intelectual, o seu poder financeiro, a sua força bélica. Pessoas que estão seguras em Deus (Salmo 23.4).



Trecho do livro "Tire Deus do Armário" de Pastor Eliy Barbosa - Igreja Cristã Plenitude

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Download de Livros

Eliy Barbosa em

Para Saber +

Igreja Plenitude do Poder de Deus

Igreja Plenitude do Poder de Deus
Ministério Pastor Eliy Barbosa